Autárquicas 2013

Catarina Martins quer grande participação eleitoral para derrubar Governo

Catarina Martins quer grande participação eleitoral para derrubar Governo

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, apelou esta quarta-feira a uma grande participação eleitoral nas autárquicas de domingo para "derrotar" um Governo "em decadência".

Para a bloquista, domingo é o "momento de responder à chamada" e é necessária a "voz de todos e todas, porque cada voto vale um voto", no "grande desafio" que é derrubar a política do Governo de maioria PSD e CDS-PP e a 'troika'.

"É um Governo todo ele em decadência. E temos um primeiro-ministro que gere trapalhadas de forma trapalhona", disse a coordenadora do Bloco num jantar-comício em Almada, onde como cabeça-de-lista à autarquia concorre Joana Mortágua.

"Mas, afinal, para que é que nós trabalhamos? Em que é que assenta o contrato social que faz o nosso país?", interrogou Catarina Martins.

A coordenadora e também deputada questionou os sinais positivos que a maioria viu nos dados mais recentes da execução orçamental, números, diz, que só comprovam o "asfixiar" da economia portuguesa.

Sobre as palavras desta quarta-feira do presidente da República, apelando a uma "consolidação orçamental amiga do crescimento", Catarina Martins definiu-as como um "jogo de palavras" que o país não precisa.

"Nós precisamos pouco de jogos de palavras. O que falamos é de austeridade, pura e simples. E a austeridade faz tanta falta como tempestade em ruas inundadas", apontou.

A bloquista falou em Almada, a três dias das eleições, perante uma plateia de mais de cem pessoas.

Imobusiness