Autárquicas 2013

Nuno Cardoso quer fazer da República uma "Praça Maior"

Nuno Cardoso quer fazer da República uma "Praça Maior"

Ocupar o espaço subaproveitado e revolucionar a cidade é o que o candidato independente Nuno Cardoso acredita poder fazer com a criação de um "Urban Center" no Quartel de Santo Ovídio, na Praça da República.

A ideia é negociar com o Exército a cedência do edifício, atualmente "muito desocupado", e fazer dele uma "Casa da Cidadania".

Para lá de animar o átrio com restauração, o candidato que já foi presidente da Câmara gostaria de ali ver instaladas associações e um espaço de debate da cidade. Paralelamente, e uma vez que o quartel separa fisicamente a praça da República da zona da Lapa, propõe abrir uma travessia pelo meio do edifício.

"Temos ali uma espécie de Praça Maior", ainda que pequena. "O ministro da Defesa é do Porto, pode ser que seja sensível".

"As praças são peças fundamentais nas cidades", lembrou Nuno Cardoso, defendendo a "reabilitação do casario" e do jardim daquele eixo, em colaboração com os particulares. Nos casos em que não tenham condições financeiras, sugere que a autarquia tome conta da recuperação e arrendamento até reaver o investido nas obras.

Imobusiness