O Jogo ao Vivo

Autárquicas 2013

Socialista Manuel Machado regressa à Câmara de Coimbra 12 anos depois

Socialista Manuel Machado regressa à Câmara de Coimbra 12 anos depois

Doze anos após ter perdido a Câmara de Coimbra para o social-democrata Carlos Encarnação, o socialista Manuel Machado regressa à autarquia que liderou entre 1989 e 2001. Só que, para governar nos próximos quatro anos, será obrigado a estabelecer pontos de convergência com a Oposição, que conquistou seis dos 11 mandatos. Por isso, deixou já ontem um recado à Oposição: "Prometo uma liderança inclusiva no executivo camarário".

"Vamos ajudar a criar esperança aos conimbricenses que, nos últimos anos, têm vivido mal". Foi com esta promessa que Machado comentou, a poucos minutos da meia-noite de ontem, os resultados eleitorais no município de Coimbra. O presidente eleito prometeu um mandato de "grande exigência cívica, ética e em capacidade de gestão".

O derrotado da noite

O grande derrotado da noite foi João Paulo Barbosa de Melo. O candidato do PSD, que assumiu a presidência da Câmara de Coimbra em dezembro de 2010, após renúncia de Carlos Encarnação, não conseguiu ser eleito na primeira vez que se submeteu a votos como cabeça de lista.

"Era o melhor projeto para Coimbra, mas a vida faz-se de vitórias e derrotas". Foi com esta frase que Barbosa de Melo, dizendo-se de "consciência tranquila", iniciou o discurso em que assumiu a derrota. O candidato "laranja" pediu aos seus apoiantes para da derrota ganharem forças e para continuarem a trabalhar "mais e melhor por Coimbra daqui para a frente".

Para além do PS, o outro vencedor foi o movimento de independentes, que surge pela primeira vez a votos e elege um vereador.

ver mais vídeos