Autárquicas 2013

Pizarro exige que Governo pague terrenos do aeroporto do Porto

Pizarro exige que Governo pague terrenos do aeroporto do Porto

Manuel Pizarro desafiou, ste domingo, os seus adversários para se pronunciarem sobre a recusa do Governo em pagar à Câmara do Porto os terrenos do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, tal como fez, em Lisboa, em relação ao Aeroporto da Portela.

"Quando for presidente da Câmara do Porto lutarei, sem descanso, para que o Governo faça no Porto a mesma coisa que fez em Lisboa", garantiu, nesta manhã de domingo, o candidato socialista, Manuel Pizarro, lembrando que o Governo, aquando da privatização da ANA, pagou à autarquia lisboeta 378 milhões de euros pelos terrenos do aeroporto da Portela.

"Ora, a situação dos terrenos do Aeroporto Francisco Sá Carneiro é exatamente a mesma. Foram comprados nos anos 40 pela Câmara do Porto", recordou Pizarro, referindo que esses terrenos valem 64 milhões de euros.

O candidato socialista exige, assim, que "todos se pronunciem com transparência" sobre a questão, até porque, sublinhou: "Vejo o dr. Menezes completamente silencioso em relação a este assunto, como se ele não existisse".

Para Pizarro, trata-se de "uma vergonha", que só acontece porque o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o candidato do PSD à Câmara do Porto "andam zangados com Rui Rio". "Eles até se podem zangar com o dr. Rui Rio, o que não podem é deixar de tratar com respeito a cidade do Porto".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG