PS

PS defende eleições autárquicas a 13 de outubro

PS defende eleições autárquicas a 13 de outubro

O secretário-geral do PS, António José Seguro, defendeu, esta quarta-feira, junto do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, a marcação das eleições autárquicas para o dia 13 de outubro.

"O Partido Socialista defende a data de 13 de outubro", afirmou Seguro aos jornalistas à saída da audiência com Passos Coelho, na residência oficial do primeiro-ministro.

"Desde que há eleições autárquicas elas passaram para o mês de outubro, portanto, não tem sentido desviá-las desse mês de outubro. Por outro lado, há quatro anos, as eleições ocorreram no dia 11 de outubro, por isso, há uma estabilidade que deve manter-se no que diz respeito ao calendário eleitoral", argumentou o secretário-geral do PS.

O líder socialista sustentou também que, "este ano, por vontade do Governo, há uma agregação de freguesias e tem sentido que haja uma estabilidade e uma confiança muito grande nos prazos e nos calendários eleitorais, designadamente no que diz respeito aos cadernos eleitorais".

"Também é necessário garantir a escolha de uma data que garanta uma maior participação eleitoral nas próximas eleições e que o período de esclarecimento dos cidadãos possa ocorrer já fora de um período de férias", acrescentou.

Confrontado com a maior ou menor aproximação entre a data das eleições e a discussão do Orçamento do Estado, Seguro respondeu: "O Governo tem que apresentar essa proposta de Orçamento de Estado na primeira quinzena do mês de outubro e, portanto, compete ao Governo escolher qual é o dia que o vai apresentar. As nossas razões pelas quais fundamentamos a escolha do dia 13 [de outubro] foram aquelas que tive oportunidade de referir".