Autárquicas 2013

Menezes garante não ter "ódio" a Rui Rio

Menezes garante não ter "ódio" a Rui Rio

O candidato do PSD à Câmara do Porto, Luís Filipe Menezes, reagiu, esta quarta-feira, às críticas de Rui Rio afirmando não lhe ter "ódio", mas "respeito", e garantindo que tudo fará "para que termine o mandato com dignidade".

"Eu, na política, nunca me movimentei pelo ódio pessoal. O ódio cega-nos, torna-nos insensatos, faz-nos mentir, torna-nos por vezes até ridículos. Eu, em relação ao senhor presidente da Câmara do Porto e em relação a qualquer outro político português, não tenho ódio, tenho respeito", afirmou Menezes em declarações aos jornalistas à margem de uma visita às obras do Pavilhão de Alto Rendimento da Lavandeira, em Gaia.

Recordando que o atual presidente da Câmara do Porto "foi eleito por três mandatos", Luís Filipe Menezes disse "merece[r]" o seu "respeito": "Portanto, tudo farei para que ele termine o seu mandato com dignidade", sustentou.

Menezes reagia assim às críticas que lhe foram feitas na terça-feira à noite, em entrevista à RTP, pelo colega de partido Rui Rio, que disse não poder apoiar a sua candidatura à autarquia portuense porque "vai destruir tudo o que foi feito" na cidade.

"Se apoiasse Luís Filipe Menezes era hipócrita. Se não dissesse nada era oportunista. Todos os dias faz promessas e promessas e promessas (...). Tenho a obrigação ética de me demarcar muito claramente do candidato que vai destruir tudo o que foi feito. Isto descredibiliza os partidos", lamentou.