Legislativas 2011

Portas defende participação cívica dos jovens

Portas defende participação cívica dos jovens

O líder do CDS-PP, Paulo Portas defendeu esta quinta-feira que a participação numa juventude partidária "é tão relevante" como outras formas de participação cívica, numa sessão com jovens alentejanos a quem pediu que cuidem da demografia.

"As juventudes partidárias são uma forma de participação, mas aí não se esgota o mundo. Há muita gente que acha que faz mais pelo mundo, por uma causa, a fazer voluntariado", afirmou Paulo Portas.

O presidente democrata-cristão respondia a uma questão acerca do papel das juventudes partidárias colocado por uma aluna da escola secundária de Montemor-o-Novo, onde Portas conversou com jovens.

"Para mim, é tão relevante uma pessoa que participa num partido ou numa acção de voluntariado", argumentou, enaltecendo o voluntariado, nomeadamente, entre os jovens, considerando que a geração mais nova "tem uma reserva de generosidade".

No Alentejo, o líder do CDS pediu aos jovens que "cuidem da demografia", ilustrando que, por razões demográficas relacionadas com a proporcionalidade, o distrito de Portalegre poderá perder um deputado.

Os professores da escola e o presidente do CDS quiseram esclarecer que o debate com os alunos estava marcado antes da eleições legislativas antecipadas estarem previstas.