CDU

Jerónimo diz que revisão das Novas Oportunidades "não é prioridade nacional"

Jerónimo diz que revisão das Novas Oportunidades "não é prioridade nacional"

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, reconheceu esta terça-feira que o programa Novas Oportunidades tem sido importante para muitos portugueses conseguirem mais habilitações e defendeu que a revisão do mesmo "não é uma prioridade nacional".

"Apesar de alguma critica que temos de fazer quanto à substância e aos conteúdos dessa formação das Novas Oportunidades, também é verdade que muitos portugueses tiveram a possibilidade de conseguir mais habilitações", disse.

"É evidente que, em termos de rigor, de conteúdo cientifico, educativo, pode haver razões de crítica, mas, se tivéssemos de fazer inquéritos, teríamos de fazer outros inquéritos, designadamente à política de direita em que o PSD esteve envolvido", acrescentou Jerónimo de Sousa ao ser confrontado com as declarações do líder do PSD sobre o programa Novas Oportunidades.

Pedro Passos Coelho anunciou segunda-feira a intenção de pedir uma auditoria externa ao programa Novas Oportunidades, depois de considerar "um escândalo" a forma como esse programa tem sido desenvolvido.

Jerónimo de Sousa admitiu que o programa pode não ser isento de críticas, mas defendeu que se trata de um problema que, "independentemente das críticas, não é uma prioridade no plano nacional".

Outras Notícias