O Jogo ao Vivo

CDU

Jerónimo: "Querem repetir a dose e reforçá-la"

Jerónimo: "Querem repetir a dose e reforçá-la"

Cheio de metáforas e outras figuras de estilo, o discurso de Jerónimo de Sousa, na Baixa da Banheira, serviu, esta quarta-feira de manhã, para apelar à revolta popular. Porque "foi sempre o povo que acabou por dar a volta" contra os "invasores", disse, após uma arruada marcada por um incidente, no qual um popular lançou uma provocação a Jerónimo e foi afastado pela candidatura, tal como os jornalistas.

"Querem voltar a castigar o nosso povo. Ao fim de 35 anos de política de Direita, querem repetir a dose e reforçá-la, agora às ordens da 'troika'" que, segundo o líder comunista, "já perdeu a vergonha toda".

Antes mesmo das eleições, impõem medidas aos países como se fossem "colónias", denunciou, apelando à afirmação "da nossa soberania nacional e do patriotismo".

No final da longa arruada, no concelho da Moita, Jerónimo de Sousa apontou a Baixa da Banheira como um exemplo de população "fustigada pelas intempéries e que vê o país andar para trás". "Mas aqui estiveram a dizer 'nós não desistimos' e pediram que não desistamos, que persistamos", continuou o candidato.

"Sem a CDU será muito mais difícil e as consequências serão muito mais dramáticas", avisou o secretário-geral do PCP, garantindo que "esta força vai contar sempre", em número de "votos, deputados e lutas".

Confusão após crítica a Jerónimo

Durante a arruada, solidarizou-se com um grupo de mulheres de uma cooperativa de comércio que fechou, esta quarta-feira, atirando para a rua cerca de 400 trabalhadores. As funcionárias da Pluricoop queixaram-se de salários atrasados, pelo menos de quatro meses, e de falta de informação da Administração aos trabalhadores.

A dada altura, um homem que mora nas redondezas atirou uma provocação ao candidato, gritando-lhe que era comunista, mas da China, entre outras críticas. Foi puxado de imediato para mais longe e os jornalistas foram atrás, acabando eles próprios por ser alvo de provocações e insultos, desta vez de elementos que acompanhavam a candidatura nesta iniciativa local e que não queriam que a situação fosse mediatizada.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG