Legislativas 2011

Líder do PCP apela aos indecisos

Líder do PCP apela aos indecisos

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, dirigiu-se, terça-feira à noite, "aos que ainda estão indecisos", pedindo-lhes que votem na CDU, "furem as contas" e "não deixem a decisão nas mãos dos outros".

"Votem na CDU e vão ver que eles, afinal, não são donos de ninguém e muito menos do voto dos portugueses", argumentou Jerónimo de Sousa, num comício em Beja, após criticar a "troika ilegítima" que não foi sequer eleita e a "troika" portuguesa que apoia o respectivo programa.

O candidato da CDU pediu aos portugueses para não ficarem em casa e disse que "é hora de se deixarem de hesitações" mesmo que lhes pareça que não há solução. Fez, por isso, um apelo especial ao que "se sentem enganados por anos e anos de promessas", que "vacilam" e que "têm medo de ser enganados de novo".

"Votem na CDU e furem as contas", exortou, quando Direita e socialistas pensam que "têm uma no papo e outra no saco".

"Os partidos não são todos iguais", garantiu, criticando, ainda, PSD, PS e CDS por causa da Agricultura. "Bem podem agora vir falar da necessidade de aumentar a produção", mas, "ao longo de anos e anos, tem-se pago para não produzir". E responsabilizou-os pelo estado a que chegou o sector.

Governos PS e PSD têm arruinado a Agricultura nacional, acusou. Nesta matéria, recusou as manifestações de "arrependimento" que Passos Coelho, líder do PSD, fez esta semana ao afirmar que foram um erro os subsídios europeus para acabar com a produção agrícola.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG