Legislativas 2011

Passos Coelhos garante que vai "retirar Portugal do estado em que se encontra"

Passos Coelhos garante que vai "retirar Portugal do estado em que se encontra"

Pedro Passos Coelho garantiu, esta noite, que irá "honrar os compromissos" estabelecidos entre o Estado português a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional "para retirar Portugal do estado em que se encontra e recuperar a confiança dos mercados".

Naquele que foi o discurso mais aguardado da noite eleitoral, o líder do PSD avançou que irá contactar o CDS-PP e alguns independentes para formarem Governo e que está disponível para dialogar com todos os partidos políticos.

"Acho que na Assembleia da República, o PS não deixará de honrar todos os compromissos que assumiu com o Estado", sublinhou Passos Coelho.

"Envidarei todos os esforços para garantir ao país que terá um governo de maioria, que dará estabilidade nos próximos quatro anos", assegurou o presidente dos social-democratas.

Passos Coelho garantiu ainda que o seu compromisso com Portugal "é de transparência total e de trabalho absoluto".

"Esta noite, quem ganhou foi Portugal", finalizou, antes de se ouvir o Hino Nacional.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG