eleições legislativas

PSD garante que não vai acabar com taxa intermédia do IVA

PSD garante que não vai acabar com taxa intermédia do IVA

O economista António Nogueira Leite afirmou, esta quarta-feira, em nome do PSD, que está "totalmente fora de questão" os sociais-democratas, se formarem Governo, acabarem com a taxa intermédia do IVA.

Em conferência de imprensa, na sede nacional do PSD, em Lisboa, Nogueira Leite disse que esse foi um dos cenários estudados pelos sociais-democratas durante a elaboração do seu programa eleitoral, mas foi excluído por "decisão política da Comissão Permanente e do seu presidente", Pedro Passos Coelho.

Segundo Nogueira Leite, o coordenador do programa eleitoral do PSD, Eduardo Catroga, deu a sua opinião pessoal, sem comprometer o partido, ao defender em entrevistas ao Jornal de Negócios e ao Diário Económico que se deve "caminhar para apenas duas taxas" do IVA, "com respeito pelo cabaz alimentar básico".

"É muito simples: Eu tenho a minha opinião, o doutor Catroga tem a sua opinião, o engenheiro Carlos Moedas tem a sua opinião, até o doutor Miguel Beleza tem a sua opinião. O Vítor Bento veio também expressar a sua opinião, embora não seja membro do partido. Mas o PSD tem um líder e uma liderança, e a posição do PSD é a posição do líder do PSD", disse.

Está "absolutamente fora de questão" o PSD vir a acabar com a taxa intermédia do IVA, reforçou o membro do Conselho Nacional do PSD e conselheiro económico de Pedro Passos Coelho.