Portugal

"Grafitar" seleção portuguesa à espera do sorriso de Paulo Bento

"Grafitar" seleção portuguesa à espera do sorriso de Paulo Bento

Os rostos dos 23 jogadores da seleção portuguesa de futebol estão a ser "grafitados" no antigo quartel dos bombeiros de Óbidos, numa iniciativa de integração social de ex-reclusos, para apoiar Portugal no Euro2012 e provocar um "sorriso" no selecionador.

Com Nani, Cristiano Ronaldo, Beto, João Pereira, Miguel Veloso, Fábio Coentrão, Raul Meireles, Custódio e Nelson Oliveira praticamente concluídos, o antigo recluso Luís David Furtado afirmou ter tido maior dificuldade em representar Paulo Bento.

"O mais complicado de criar foi, como tenho dito a toda a gente, o Paulo Bento, o selecionador. Eu gostaria que ele esboçasse um sorriso, é difícil encontrar fotos dele a sorrir. O mais fácil foi o Coentrão", explicou o dinamizador da iniciativa "ApoiArte Seleção", em declarações à agência Lusa.

Além de tentar conquistar o sorriso pela arte, Luís David Furtado, de 30 anos, gostaria que o técnico também sorrisse por causa dos resultados obtidos na Polónia e na Ucrânia.

"A seleção precisa do nosso apoio, de toda a gente. Através da arte, decidimos apoiar a seleção, fizemos um pedido à federação e apoiaram-nos a 100 por cento, e cá estamos em Óbidos a fazer este trabalho", disse o antigo recluso.

Ainda com metade da seleção por "grafitar", Luís David Furtado e sua "equipa de seis jovens" -- viveu com dois deles "em reclusão" e conheceu os restantes em trabalhos comunitários -- acredita que os convocados estarão em forma na despedida da seleção, lamentando as dificuldades sentidas devido à substituição do lesionado Carlos Martins por Hugo Viana.

"Trouxe algumas dificuldades porque já tínhamos dado início ao Carlos Martins, que foi um dos primeiros que eu decidi pintar, mas infelizmente saiu. Agora, temos estado todos os dias atentos às notícias. Ouvimos que aconteceu algo ao Quaresma, ficámos logo alarmados, porque também estava prestes a ser feito e ficou em 'stand-by'. Esperamos que não aconteça mais nada e que tragam as vitórias", frisou o "writer".

A nova imagem exterior do antigo quartel dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, à beira da Estrada Nacional 114 junto à entrada para o centro da vila, vai ser inaugurada esta quinta-feira, às 19 horas, sem que esse prazo assuste os autores.

"A ideia é que seja inaugurada, seja uma despedida da seleção de Portugal e que levem o nosso apoio desta forma, ficando a presença deles nesta arte", referiu Luís David Furtado, revelando a expetativa de agradar à equipa das "quinas": "Espero que todos gostem".

A seleção portuguesa está a preparar em Óbidos até sexta-feira a participação no Euro2012 e parte para o seu "quartel-general" durante a competição, em Opalenica, na Polónia, na próxima segunda-feira, cinco dias antes de se estrear frente à Alemanha, em Lviv, na Ucrânia, em jogo da primeira jornada do Grupo B, que integra ainda a Dinamarca e a Holanda.

O antigo recluso Luís David Furtado é o criador do conceito "OH! Arte sustentabilidade urbana", um "negócio social com o objetivo de prevenir a reincidência de ex-reclusos transmitindo e possibilitando a outros a sua própria experiência de uma bem-sucedida reinserção social e profissional através da arte", que nasceu no âmbito da Academia Ubuntu, iniciativa promovida pelo Instituto Padre António Vieira.

*agência Lusa

Outras Notícias