Portugal

Bayern venceu a seleção da Holanda por 3-2

Bayern venceu a seleção da Holanda por 3-2

O Bayern Munique, recém-finalista vencido da Liga dos Campeões de futebol, venceu, esta terça-feira, a seleção da Holanda, adversária de Portugal no Euro2012, por 3-2, em jogo particular, com muitas ausências.

O treinador do Bayern, Juup Heynckes, deixou no 'banco' cinco titulares na final de sábado - Philip Lahm, Jerome Boateng, Contento, Ribéry e Mário Gomez -, enquanto o selecionador holandês Bert Marwjick não arriscou, deixando a sua principal estrela, Arjen Robben - jogador dos bávaros -, entre os suplentes, numa partida em que a grande ausência "laranja" foi o avançado do Arsenal, Robbie Van Persie.

A equipa alemã revelou sempre maior entrosamento, mesmo com a ausência de vários titulares, que foram sendo utilizados ao longo da segunda parte, e abriu o marcador aos 17 minutos, através de um remate potente de meia distância, de Toni Kloos.

A resposta holandesa não tardou, com Huntelaar a restabelecer a igualdade um minuto depois, com uma remate cruzado, indefensável, depois de uma boa desmarcação, a iludir a vigilância da defesa germânica.

Apesar de estar a ser dominada, a Holanda conseguiu chegar à vantagem dois minutos volvidos, tirando partido da categoria de Van der Vaart, que isolou Luciano Narsingh com um passe primoroso para o 1-2, e de um certo relaxamento da defesa alemã, que facilitou em várias situações.

De resto, o jogo acabou por ser vivo e agradável de seguir pela postura descontraída das suas equipas, sobretudo a primeira parte, com o Bayern a chegar ao 2-2 aos 28 minutos, por Nils Peterson, a corresponder a um cruzamento perfeito de Olic.

Na segunda parte, o jogo quebrou um pouco de ritmo, mas o Bayern acabou por chegar à vitória muito por "culpa" de Ribéry, a quem a defesa holandesa não conseguiu travar, pela suas acelerações e dribles, acabando por ser ele a oferecer numa bandeja o golo da vitória, aos 87 minutos, a Mário Gomez, que só teve de empurrar a bola para o fundo das redes.

O jogo serviu para a Federação Holandesa "saldar as contas" com o Bayern por causa do conflito que opôs as duas partes na sequência de uma lesão contraída pelo extremo holandês Arjen Robben ao serviço da seleção das tulipas no Mundial2010, que o impediu, posteriormente, de dar o seu contributo à equipa alemã durante largos meses.

O Bayern alegou que o jogador teria sido utilizado no Mundial2010 estando lesionado, o que agravou a lesão, razão pela qual exigia ser indemnizado pela Federação holandesa.

A marcação do jogo para esta altura acabou por suscitar fortes críticas de vários quadrantes, nomeadamente do selecionador alemão Joachim Low, tendo em conta que o Bayern de Munique constitui a base da seleção germânica e a Holanda é adversário da Alemanha no grupo B, juntamente com Portugal e a Dinamarca, do Euro 2012.

Noutro jogo de preparação para esta competição, uma das seleções anfitriãs, a Polónia, venceu hoje em Klagenfurt (Áustria), onde se encontra a efetuar um estágio de preparação, a Letónia, por um 1-0, graças a um golo marcado pelo suplente Artur Sobiech.