Fora de Jogo

A bela virou monstro mediático

A bela virou monstro mediático

Sara Carbonero, a mediática namorada de Iker Casillas, está a merecer mais atenção dos colegas jornalistas que o guarda-redes da selecção de Espanha. Foi, até, acusada de ser uma distracção.

Repórter de um canal desportivo de televisão, Sara Carbonerop está a concitar muitas das atenções mediáticas. À jornalista e namorada de Iker Casillas, guarda-redes da selecção de Espanha, não se aplica a velha máxima do meio, de que "um jornalista só é notícia quando morre, e se for muito bom, ou quando mata, e se for muito mau."

A jovem, cujos atributos conquistaram o coração de Casillas, colega de Ronaldo no Real Madrid, anda nas bocas, objectivas, blocos de notas e gravadores do Mundo desde que começou o Mundial de futebol. Ontem, no jogo com Espanha, as agências internacionais colocaram em linha, à disposição dos média mundiais, 80 fotos de Sara Carbonero, em 45 minutos.

Não foi possível apurar quantas fotos do namorado foram colocadas em linha, mas parece que a figura do jogo entre Espanha e Honduras foi a namorada do guarda-redes espanhol.

O trabalho de Sara Carbonero tem merecido críticas, reparos e comentários, desde que Espanha entrou em campo. Alguns média internacionais insinuaram que a jovem jornalista terá sido uma distracção no jogo de estreia dos espanhóis na África do Sul, que terminou com uma surpreendente derrota, por 1-0, aos pés da Suíça.

Na altura, até o respeitável jornal britânico "The Times" dedicou um grande espaço, de primeira página, ao tema, com três fotos de Sara a entrevistar o namorado, Iker, no final do encontro com os helvéticos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG