Refugiados

"Ocean Viking" com 306 migrantes a bordo

"Ocean Viking" com 306 migrantes a bordo

O navio humanitário Ocean Viking, da SOS Méditerranée, resgatou na madrugada desta terça-feira 15 pessoas de um pequeno barco insuflável no Mediterrâneo central. Ao final do dia, a embarcação tinha a bordo 306 migrantes e aguardava porto seguro para desembarque.

Estas pessoas "têm que desembarcar já", alertou a SOS Mediterranée, sublinhando que foi o oitavo resgate nos últimos 10 dias. Ao início da noite de terça-feira, a ONG aguardava a atribuição de um porto seguro para efetuar o desembarque dos migrantes resgatados numa das vias migratórias mais mortais, que sai da Líbia, da Argélia e da Tunísia em direção aos territórios italiano e maltês.

No domingo, já outro navio humanitário, dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), atracou em Taranto (Itália), para desembarcar 65 sobreviventes de um naufrágio ocorrido a 28 de junho e na sequência do qual pelo menos 30 pessoas, incluindo crianças e bebés, foram dadas como desaparecidas. Os MSF também transportavam o cadáver de uma mulher grávida.

Segundo dados do Ministério do Interior de Itália, recolhidos até segunda-feira, desde o início do ano já chegaram às costas do país 28 405 migrantes (no mesmo período do ano passado registaram-se 21 619).

Em visita oficial a Ancara, o primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, levou na agenda para o encontro com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, a questão da migração, já que o número de migrantes que chegam às costas italianas procedentes da Turquia triplicou desde o ano passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG