Pandemia

Reino Unido regista mais 154 mortes por covid-19, ultrapassa as 43 mil

Reino Unido regista mais 154 mortes por covid-19, ultrapassa as 43 mil

O Reino Unido registou 154 mortes nas últimas 24 horas, menos do que na véspera, elevando para 43081 o total acumulado durante a pandemia de covid-19, anunciou esta quarta-feira o ministério da Saúde britânico.

Dos 232086 testes efetuados, 653 foram positivos, aumentando para 306862 o número de casos de contágio desde o início da pandemia.

Na terça-feira, o balanço tinha sido de mais 171 mortes e 874 novos infetados relativamente à véspera.

A redução da mortalidade e da taxa de infeção levou o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciar a reabertura no início de julho de bares, restaurantes, cabeleireiros, museus e cinemas -- encerrados desde o final de março.

No entanto, representantes da classe médica escreveram esta quarta-feira uma carta aberta na publicação especializada British Medical Journal alertando para o "risco real" de uma segunda vaga da pandemia do novo coronavírus quando o país está prestes a entrar numa fase importante do fim do confinamento.

"Embora seja difícil prever o formato da pandemia no Reino Unido, as evidências disponíveis mostram que os focos são cada vez mais prováveis e que uma segunda vaga constitui um risco real", escreveram os signatários, entre os quais o presidente da Associação Médica Britânica, que representa os médicos do Reino Unido.

PUB

Os signatários pedem o estabelecimento de uma comissão "construtiva" e "não partidária" que produzirá uma avaliação a partir de agosto e no final de outubro, o mais tardar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG