O Jogo ao Vivo

Premium

A história "fake" do espião cuja existência ninguém nega

A história "fake" do espião cuja existência ninguém nega

Russo Oleg Smolenkov terá sido implantado pela CIA no círculo de Putin e retirado em 2017 por receio das derivas de Trump.

Para efeitos moscovitas, Oleg Smolenkov é "um cidadão russo que desapareceu no território de um país estrangeiro junto com a família" em 2017 e que "reapareceu" dois anos depois, segundo a imprensa americana, nos EUA. Mais do que o suficiente para acionar a Interpol. Para efeitos washingtonianos, Oleg Smolenkov - o nome ainda é uma hipótese por confirmar e é avançado apenas pela Rússia - era um informador da CIA implantado no Kremlin que foi preciso salvar, quanto mais não fosse, da verborreia do presidente norte-americano, Donald Trump. O suficiente para fazê-lo desaparecer "no território de um país estrangeiro com a família". No caso, o Montenegro.

Confuso?