Agressão

"A nova manada": Menor violada por cinco homens no São João em Espanha

"A nova manada": Menor violada por cinco homens no São João em Espanha

Um novo caso de agressão sexual está a chocar Espanha, numa altura em que ainda está em foco a polémica condenação, por abuso sexual em vez de violação, de um grupo de sevilhanos autointitulado "La Manada", nas festas de São Firmino, em Pamplona.

O novo caso, perpetrado por cinco homens contra uma adolescente de 16 anos, ocorreu, no passado fim de semana, durante a noite de São João, na Praia dos Ingleses, no município de San Bartolomé de Tirajana, em Las Palmas, na zona turística de Gran Canaria.

De acordo com o portal "Canariasahora", do jornal "El Diario", foram identificados e detidos cinco suspeitos, um deles menor, que está à responsabilidade da Fiscalía Provincial de Las Palmas (Ministério Público). Os envolvidos terão drogado a vítima e filmado o ataque sexual, adianta o jornal espanhol "El País", que cita fontes da investigação.

Os cinco homens deverão ser presentes a juiz entre quinta-feira e sexta-feira. O Tribunal de Menores de Las Palmas ordenou o internamento do menor, de 15 anos, num centro terapêutico, como medida para tratar o consumo habitual de haxixe e de álcool.

Os supostos agressores referiram-se a si próprios como "a nova manada", como que em jeito de exaltação e homenagem a um grupo de indivíduos acusado de violarem, coletivamente, uma mulher, em Pamplona, em 2016. Acabaram condenados, em abril deste ano, por um crime mais leve, abuso sexual, e uma pena de nove anos de prisão e 50 mil euros de indemnização. Enquanto aguardam a decisão do recurso entretanto interposto pelos advogados, os homens estão em liberdade condicional.