Blackpool

Abandona cão em igreja e deixa bilhete comovente: "Amo-te e tenho muita pena"

Abandona cão em igreja e deixa bilhete comovente: "Amo-te e tenho muita pena"

Um cão foi encontrado amarrado numa igreja, em Inglaterra, com um bilhete comovente: "Amo-te e tenho, muita, muita pena".

Um cão arraçado de "Staffordshire bull terrier" foi encontrado abandonado no altar da igreja do Sagrado Coração, em Blackpool, no Reino Unido. Tinha um bilhete, presumivelmente da pessoa que o deixou naquele templo, a justificar o abandono.

"A minha vida sofreu uma mudança dramática e não conseguia imaginá-lo na rua comigo esfomeado e com frio", podia ler-se no bilhete, segundo a Associação de proteção de Animais do Reino Unido (RSPCA), que recolheu o canídeo, encontrado na igreja na manhã de 18 de dezembro.

"O meu cão é tudo para mim e não sei o que fazer", dizia o bilhete, escrito à mão. "Por favor acreditem em mim, não faço isto de ânimo leve", acrescenta o bilhete.

O autor da nota descreve o animal como sendo um "plácido, amigável e adorável cão", que completa sete anos a 22 de março de 2020. "Tenho o coração destroçado e vou sentir a falta dele de uma forma que as palavras não podem descrever", lê-se ainda na nota.

"Espero que possam encontrar-lhe uma casa nova, como merece. Amo-te muito e tenho, muita, muita pena", acrescenta a nota, que, segundo Will Lamping, que recolheu o cão da igreja, mostra o quanto o animal era amado.

"Infelizmente, a vida, por vezes, tem grandes reviravoltas e as circunstâncias podem mudar drasticamente, mas é comovente pensar que alguém está por aí a sentir a falta do cão e a pensar como estará", disse Will Lamping.

"Se alguém se apresentar para reclamar o cão gostaria que soubesse que não vai ter problemas de qualquer ordem e que gostaríamos apenas de falar e ver como poderíamos ajudar", acrescentou Will Lamping, abrindo a porta ao reencontro entre dono e cão.

Se ninguém reclamar o animal, agora chamado de Cracker, o cão será levado para o centro de acolhimento do RPSCA, para ser adotado.

Outras Notícias