EUA

Abandonam avião por ser pilotado por mulher

Abandonam avião por ser pilotado por mulher

Um voo da American Airlines, que voava entre Miami e Buenos Aires, na semana passada, sofreu atrasos por um grupo de passageiros se ter recusado a viajar pilotado por mulheres.

O avião deveria deixar o aeroporto em Miami, nos EUA, às 20.00 locais, mas quando se aproximou da hora da partida, o aparelho estava quase vazio.

"Eram 19.55 e o avião estava praticamente vazio. Como não se movia, decidi perguntar se estávamos à espera de alguém que tivesse um voo de ligação", contou Marco Mantínez, um dos passageiros, ao jornal argentino "La Nacion".

A tripulação procedeu, depois, ao ritual que antecede à descolagem e o avião levantou voo, sem que fosse prestada qualquer justificação para o atraso.

"O voo seguiu com toda a normalidade, mas um dos tripulantes de cabine contou-me que quando sete passageiros souberam que o piloto e o co-piloto eram mulheres, quiseram sair do avião. Como se teve de tirar as malas da aeronave, o voo atrasou-se", explicou Marco Martínez.

A American Airlines emitiu um comunicado onde não confirma a informação relatada pelo passageiro. Refere, antes, que o atraso do voo 909 ficou a dever-se ao abandono, de última hora, por parte de um passageiro, sem especificar o motivo.

PUB

Outras Notícias