EUA

Agente que alvejou mortalmente jovem negro indiciada por homicídio involuntário

Agente que alvejou mortalmente jovem negro indiciada por homicídio involuntário

A polícia que matou um jovem negro perto de Minneapolis será acusada de homicídio culposo, informou esta quarta-feira o promotor responsável pelo caso a vários meios de comunicação.

Pete Orput deve anunciar publicamente a sua decisão a respeito de Kim Potter, de 48 anos, que matou Daunte Wright, de 20 anos, no Brooklyn Center, no domingo, alegando ter confundido seu taser com a sua arma de serviço.

O incidente, que aconteceu durante o julgamento do assassinato do afro-americano George Floyd, foi seguido por três noites de protestos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG