O Jogo ao Vivo

Aquecimento global

Alasca regista temperatura recorde de 32 graus centígrados

Alasca regista temperatura recorde de 32 graus centígrados

Segundo os cientistas, a região está a ter um aquecimento duas vezes mais rápido do que a média do globo

A temperatura ultrapassou os 32 graus centígrados (°C) em Anchorage, estabelecendo um recorde histórico na maior cidade do estado norte-americano do Alasca, que sofre em pleno o impacto das alterações climáticas. Segundo os meteorologistas, a temperatura máxima média para um dia de julho em Anchorage é de 18,3°C. O recorde anterior tinha sido estabelecido em 14 de junho de 1969, nos 29,4°C.

As temperaturas excecionalmente quentes no sul do Alasca são provocadas por uma "vasta zona de alta pressão que se encontra mesmo por cima" do estado, explicou o meteorologista Bill Ludwig.

Segundo os cientistas, o Alasca está a ter um aquecimento duas vezes mais rápido do que a média do globo. De "1901 a 2016, as temperaturas médias nos EUA aumentaram um grau Celsius, enquanto no Alasca subiram 2,6 graus", destaca o Centro de Avaliação e de Política do Clima do Alasca.