Covid-19

Alemanha oferece a partir deste sábado testes gratuitos a quem regressa do estrangeiro

Alemanha oferece a partir deste sábado testes gratuitos a quem regressa do estrangeiro

A Alemanha oferece desde este sábado testes gratuitos à covid-19 aos viajantes que regressem do estrangeiro, que serão obrigatórios a partir de segunda-feira para quem retorne de regiões de risco para evitar a quarentena.

A regra entra hoje em vigor, segundo indicações do ministro da Saúde, Jens Spahn, que defende a gratuitidade dos testes de diagnóstico, apesar das críticas dos que consideram que deviam ser por conta de cada viajante para não sobrecarregar a saúde pública.

A maioria dos aeroportos internacionais do país já estabeleceu os equipamentos necessários para a realização dos testes. Nos restantes, como o aeroporto de Schonefeld, em Berlim, espera-se que comece a funcionar na próxima semana.

O objetivo de Jens Spahn é que os viajantes oriundos de regiões de risco sejam imediatamente submetidos a testes no aeroporto, como alternativa à quarentena domiciliária obrigatória, cujo cumprimento tem-se revelado difícil de verificar.

Os que regressam de zonas não incluídas na lista de regiões de risco têm 72 horas para irem voluntariamente a consultas médicas ou outros centros, onde também serão testados gratuitamente, refere a agência espanhola Efe.

A Alemanha identificou na sexta-feira 870 novos casos de covid-19 face ao dia anterior e decidiu, perante o aumento de contágios, decretar as regiões espanholas da Catalunha, Aragão e Navarra como de risco, seguindo os critérios do Instituto Robert Koch (RKI).

Além destas regiões, estão incluídas como zonas de risco o Luxemburgo, o único país da União Europeia que já estava incluído na lista do Instituto Robert Koch, países terceiros dos Balcãs, bem como a Turquia, os Estados Unidos, praticamente toda a América Latina e grandes áreas da África e da Ásia.

Outras Notícias