Ataques

Reino Unido endurece nível de ameaça terrorista contra deputados

A medida foi anunciada pela ministra do Interior, Priti Patel

Foto Afp

O Governo britânico elevou, esta quarta-feira, para substancial o nível da ameaça terrorista contra deputados, o que pressupõe como provável um ataque dirigido a qualquer um dos parlamentares.

A medida foi anunciada pela ministra do Interior, Priti Patel, no parlamento, cinco dias depois do assassínio do deputado conservador David Amess por um suposto terrorista islamita.

Um estudo do Centro Conjunto de Análise Terrorista britânico recomendou a revisão do grau de ameaça, que era moderado, o que implicava que um ataque era possível, mas não provável.

O nível de ameaça substancial que foi estendido aos deputados é o terceiro de uma escala de cinco, antes de severo e crítico, e é o mesmo em que se encontra de forma geral o Reino Unido, explicou a ministra.

Após o assassínio de Amess, que ocorreu quando atendia cidadãos do seu círculo eleitoral, o Governo britânico ordenou a revisão das medidas de segurança para os deputados, que se queixavam, nalgumas situações, de falta de proteção nas reuniões semanais de atendimento de eleitores.