Inglaterra

Andy Pope, o "polícia da memória" que identificou mais de dois mil suspeitos

Andy Pope, o "polícia da memória" que identificou mais de dois mil suspeitos

Um agente britânico da West Midlands Police, em Birmingham, Inglaterra, ficou conhecido como "polícia da memória" pelo seu talento para identificar suspeitos por lhes reconhecer a cara. Andy Pope diz que consegue lembrar-se de rostos por vários anos e até hoje já identificou mais de duas mil pessoas, algumas das quais com a cara tapada.

O polícia de 43 anos foi reconhecido pelo chefe daquela autoridade em 2018, quando ultrapassou a marca dos mil suspeitos identificados e agora tem como objetivo chegar aos 2500 até 2022.

Andy Pope, de Redditch, afirma que é "impossível explicar" o seu talento. "É apenas um instinto de que é a tal pessoa e, felizmente, está certo", disse o agente apelidado de "polícia da memória" pelos colegas.

PUB

"Embora tenha sido um ano como nenhum outro, continuei a trabalhar como de costume, com a mesma preparação. Certifiquei-me de estar totalmente atualizado sobre as imagens das pessoas procuradas pela autoridade e valeu a pena", acrescentou Andy, citado pela BBC.

Pope trabalha em Birmingham e patrulha os meios de transporte no condado metropolitano de West Midlands, passando a maior parte do tempo em comboios e autocarros.

O seu recorde de mais suspeitos identificados num só dia é de 17 e uma vez ele foi capaz de reconhecer um homem num restaurante enquanto esperava no semáforo.

Andy Pope juntou-se àquela autoridade em 2012 e é um entre apenas 20 membros da "Associação de Super Reconhecedores", um órgão que representa aqueles com excelentes capacidades de memória e que deseja que a habilidade seja reconhecida como um ramo da ciência forense.

O polícia também foi indicado para os Amplifon Awards For Brave Britons 2020 - prémios que celebram as realizações de pessoas e animais excecionais de todas as esferas da vida, de todas as idades e de todo o Reino Unido - devido ao seu trabalho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG