O Jogo ao Vivo

Voos

Anomalia em avião da TAP deixa 171 passageiros em terra

Anomalia em avião da TAP deixa 171 passageiros em terra

Uma "anomalia técnica" num motor de um avião da TAP, que fazia a ligação entre Roma e Lisboa, na terça-feira, interrompeu o voo e regressou ao aeroporto de onde tinha partido, com 171 passageiros a bordo.

No voo TP843, seguia um grupo de 65 brasileiros que, segundo o site brasileiro "G1", sofreram momentos de "pânico", quando, minutos depois da descolagem, uma turbina do avião se incendiou.

De acordo com relatos de um passageiro, algumas pessoas "ouviram um barulho e viram a turbina a pegar fogo".

Ao JN, fonte da assessoria da TAP desdramatizou o incidente, avançando que não houve mais do que uma faísca, provocada por uma "anomalia técnica" numa turbina de alta pressão.

Adiantou ainda que "foram cumpridos todos os procedimentos previstos", tendo o avião regressado ao aeroporto mais próximo, em Fiumicino, Roma, de onde tinha descolado, sem qualquer incidente.

"O avião aterrou com inteira tranquilidade e nunca esteve em causa a segurança dos 171 passageiros a bordo. As causas da anomalia técnica serão agora alvo de perícia", lê-se na nota da companhia aérea enviada às redações.

Os passageiros que, na terça-feira, ficaram em terra e passaram a noite em hotéis, embarcaram esta quarta-feira, na aeronave A330, com destino a Lisboa.