França

Antigo colaborador de Sarkozy indiciado por associação criminosa

Antigo colaborador de Sarkozy indiciado por associação criminosa

Um antigo colaborador do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy foi indiciado por alegada associação criminosa para canalizar fundos do regime líbio de Muammar Kadafi que terão financiado a campanha presidencial de Sarkozy em 2007.

Thierry Gaubert, de 68 anos, foi colaborador de Sarkozy quando este era ministro do Orçamento do Governo de Edouard Balladur, entre 1993 e 1995.

Segundo disseram à Agência France-Presse fontes judiciais próximas do processo, Thierry Gaubert é suspeito de ter recebido uma transferência de 440 mil euros da empresa Rossfield, que pertence a Ziad Takieddine, um intermediário que também está acusado no processo

Segundo o advogado de Thierry Gaubert, a procuradoria francesa terá de abandonar a tese de financiamento político na audiência.

Gaubert foi detido na quinta-feira passada e indiciado no dia seguinte, o que abre caminho para a possível acusação de novos suspeitos, tal como um agravamento dos processos já em curso contra vários envolvidos, como o próprio Sarkozy, que foi presidente da República entre 2007 e 2012.

A sentença no caso deverá ser proferida no dia 22 de abril.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG