Israel

Antigo porta-voz do Hamas encontrado morto

Antigo porta-voz do Hamas encontrado morto

Um antigo porta-voz do Hamas foi encontrado morto nos arredores da cidade que foi fortemente bombardeada por Israel, informou o movimento islamita que controla a Faixa de Gaza.

Ayman Taha foi morto quando as forças israelitas "o alvejaram no apartamento onde estava com várias outras pessoas" em Shejaiya, nos arredores da Cidade de Gaza, disse o grupo, em comunicado.

A área onde foi morto foi cena dos mais fortes combates e bombardeamentos durante a operação israelita.

No texto acrescenta-se que Taha foi ferido e veio a falecer mais tarde.

O corpo do ex-porta-voz, que vivia no campo de refugiados de Bureij, no centro do enclave palestiniano, "chegou ao hospital de Shifa, na cidade de Gaza, antes de ser transportado para a casa da sua família, no campo de Bureij", disse fonte médica.

Taha, filho de um dos fundadores do grupo, era um bem conhecido porta-voz do Hamas, antes de ser detido em fevereiro pelo movimento islamita. O aparelho de segurança do Hamas deteve-o no âmbito de uma investigação sobre o possível "abuso de fundos" e outras alegações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG