China

Apelo ao boicote do Dia das Mentiras

Apelo ao boicote do Dia das Mentiras

O 1 de abril (Dia das Mentiras), que se celebra esta sexta-feira, "contraria valores fundamentais do socialismo", adverte a agência oficial chinesa Xinhua, apelando aos cidadãos do país para que evitem brincadeiras por esta altura.

"Esperamos que não divulgues, propagues ou passes rumores", aconselha a Xinhua, através da sua conta oficial na rede social Weibo, o Twitter chinês, num "post" que termina com um ícone de um rosto sorridente.

A advertência foi recebida com sarcasmo por muitos internautas chineses, com alguns comentários a apontar que o comentário da Xinhua é já de si uma brincadeira.

Em anos anteriores, algumas informações difundidas por jornais satíricos ocidentais foram replicados por erro na imprensa chinesa.

Em 2012, a edição "online" do Diário do Povo, órgão oficial do Partido Comunista chinês, não se apercebeu do caráter irónico de um texto publicado no portal de notícias norte-americano "The Onion", em que o dirigente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, era eleito o "homem mais sexy de 2012" e citou aquele texto, acompanhado de uma vasta galeria de fotos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG