Exclusivo

Aqui, Kiev. Até já.

Capital está cada vez mais isolada. No caminho para Lviv, as barricadas vão ficando cada vez mais permeáveis.

A cidade acordou com bombardeamentos em vários locais. Zonas residenciais, entradas do metropolitano, uma fábrica.

Durante a madrugada, a defesa antiaérea ucraniana disparou sem interrupção. As sirenes não tocaram mas, ainda assim, mísseis lançados de Irpyn cruzaram os céus da capital e atingiram o destino. Kiev está cada vez mais fechada, isolada, deserta, vazia e escondida. Os militares e a defesa civil trancam as entradas, já só é possível sair pela nesga que os russos ainda não tomaram ou tentam tomar. Direção sul.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG