O Jogo ao Vivo

Mundo

Arábia Saudita anula cidadania do filho de Osama bin Laden

Arábia Saudita anula cidadania do filho de Osama bin Laden

A Arábia Saudita revogou hoje a cidadania de Hamza bin Laden, atual líder do grupo 'jihadista' Al-Qaida e filho do ex-líder daquela organização terrorista Osama bin Laden.

Segundo a agência de notícias Associated Press, o reino comunicou a informação numa ordem no seu diário oficial.

O Governo norte-americano anunciou na quinta-feira uma recompensa de um milhão de dólares a quem fornecer informações que possibilitem a detenção de Hamza bin Laden, atual líder do grupo 'jihadista' Al-Qaida.

"Hoje anunciamos que vamos oferecer uma recompensa de um milhão de dólares a quem der informação que conduza à detenção do líder da Al-Qaida", disse o secretário adjunto para a Segurança Diplomática dos Estados Unidos da América, Michael Evanoff.

No início era Saad bin Laden que estava previsto suceder ao pai na liderança da organização terrorista, mas acabou por morrer no Paquistão, em 2009, durante um ataque de drones.

Depois da morte de Saad bin Laden, foi escolhido Hamza bin Laden para liderar o grupo jihadista.