Turismo

Arábia Saudita reabre as fronteiras a turistas vacinados

Arábia Saudita reabre as fronteiras a turistas vacinados

A Arábia Saudita anunciou, esta sexta-feira, a reabertura das fronteiras a turistas estrangeiros vacinados contra a covid-19, após um encerramento de 17 meses, por causa da pandemia.

"O Ministério do Turismo anunciou que o reino abrirá as portas aos turistas estrangeiros e levantará (...) a suspensão da entrada para os titulares de vistos turísticos, a partir de 1 de agosto", acrescentou.

Os viajantes com a vacinação completa, efetuada com as vacinas aprovadas pelas autoridades sauditas (Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Johnson & Johnson), poderão entrar no país "sem terem de cumprir quarentena", desde que apresentem um teste PCR com resultado negativo, realizado menos de 72 horas antes da entrada, disse a agência.

Riade não anunciou, no entanto, qualquer levantamento de restrições em relação à "Omra", a pequena peregrinação a Meca, que atrai todos os anos milhões de muçulmanos de todo o mundo.

A pandemia de covid-19 perturbou fortemente as peregrinações do "Hajj" e "Omra", abertas apenas a peregrinos vacinados residentes no país.

A Arábia Saudita, que apostou nos últimos anos na indústria do turismo para diversificar a economia, assente no petróleo, emitiu os primeiros vistos turísticos em 2019.

Entre setembro de 2019 e o encerramento das fronteiras, em março de 2020, o país emitiu 400 mil vistos turísticos.

PUB

Desde o início da pandemia, a Arábia Saudita registou mais de 523 mil casos de covid-19 e 8.213 mortes causadas pela doença.

Até à data, foram administradas 26 milhões de doses de vacinas contra o novo coronavírus, numa população de 35 milhões, mas o Governo saudita anunciou que, a partir de 1 de agosto, a vacinação passará a ser obrigatória para entrar em estabelecimentos públicos e privados, incluindo escolas e locais de entretenimento, bem como para utilizar os transportes públicos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG