Mundo

Arma militar americana eletrocuta vítimas a cem metros de distância

Arma militar americana eletrocuta vítimas a cem metros de distância

A SPECTER (Small arms Pulsed Electronic Tetanization at Extended Range) é a nova arma que permite eletrocutar um indivíduo a cem metros de distância. Os conhecidos "tasers" usados pelos militares têm apenas um alcance de oito metros.

O projétil, financiado pelo Departamento de Defesa dos EUA e desenvolvido pela empresa de tecnologia americana Harkind Dynamics, pode ser atirado de qualquer arma calibre 12.

O SPECTER atira três dardos afiados o suficiente para conseguirem perfurar roupas. Depois, os elétrodos entram em funcionamento enquanto detetam movimento.

Para evitar situações perigosas, a tecnológica americana adicionou um "paraquedas" minúsculo ao design do projétil, utilizado antes de atingir o alvo, diminuindo assim a velocidade para metade.

"Se o paraquedas não for acionado, existe o risco de haver um impacto direto e possível penetração no corpo. Se [o projétil] atingir a cabeça, há risco de ferimentos graves ou morte", alerta um porta-voz da Omega Research Foundation, que monitoriza a tecnologia de segurança do Reino Unido, à New Scientist.