Síria

Assad desloca-se a uma festa muçulmana fora de Damasco

Assad desloca-se a uma festa muçulmana fora de Damasco

O presidente sírio, Bashar al-Assad, realizou esta sexta-feira uma rara deslocação para participar numa oração da festa muçulmana Eid Al-Adha, a decorrer na província com o mesmo nome.

Desde que há seis anos teve início a guerra na Síria, Assad abandonou a capital do país poucas vezes, mas este ano, face ao sucesso militar do exército, já surgiu em zonas como Hama (centro) ou a oeste do país.

"O presidente Assad reza em Eid al-Adha (...) na cidade de Qara", a oeste de Qalamoun, não muito longe da fronteira com o Líbano, informou presidência síria através da rede social Twitter, mostrando ainda Assad ajoelhado no meio de dignitários numa mesquita.

A deslocação a este local reveste-se de simbolismo por ser na região, de onde o grupo islâmico autointitulado Estado Islâmico foi expulso pelo exército sírio e pelo seu aliado xiita Hezbollah na semana passada.

A televisão estatal mostrou o presidente sírio sorridente e aclamado pelos seus partidários dentro da mesquita.

O conflito, com cada vez mais intervenientes, tem fragmentado o território e causou mais de 330 mil mortes e milhões de pessoas deslocadas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG