Mundo

Ataques a Bruxelas fizeram 28 vítimas, segundo um novo balanço

Ataques a Bruxelas fizeram 28 vítimas, segundo um novo balanço

Os atentados de terça-feira em Bruxelas mataram 28 pessoas, revelaram no sábado as autoridades, explicando que o balanço anterior que apontava para 31 mortos incluía os três bombistas suicidas.

"Há 28 vítimas e três bombistas suicidas cuja morte está confirmada", declarou à AFP o porta-voz do centro de crise belga, Benoît Ramacker.

As autoridades haviam avançado na quarta-feira, no rescaldo dos atentados suicidas no aeroporto e no metro de Bruxelas, um balanço de 31 mortos. Este balanço incluía os três terroristas (dois no aeroporto e um no metro), cujos corpos na altura não puderam ser identificados.

Entre as 28 pessoas que morreram, 24 foram identificadas: 14 mortas no aeroporto de Bruxelas-Zaventem e dez na estação de metro de Maelbeek. Das 24 vítimas mortais já identificadas, 13 são belgas e onze estrangeiras de oito nacionalidades diferentes.

Segundo o centro de crise, o número de feridos é de 340 (de 19 nacionalidades diferentes, além dos belgas), dos quais 101 continuavam internados no sábado. Entre esses, 62 encontravam-se nos cuidados intensivos e 32 numa unidade de queimados.

"O balanço ainda é provisório, porque infelizmente ainda há um grande número de feridos nos cuidados intensivos", especificou o porta-voz.

Outros Artigos Recomendados