O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Ataques jihadistas causam 34 mortos no Burkina Faso

Ataques jihadistas causam 34 mortos no Burkina Faso

Violência intensifica-se na cintura africana do Sahel. Saldo de 135 mortos só nas últimas semanas de junho.

"A cadeia de terror incontrolável que atormenta o Sahel", como a define Laith Alkhouri, da fornecedora de inteligência Intelonyx Intelligence Advisory, voltou a atacar, agora no Burkina Faso. Investidas de grupos radicais, associadas a movimentos jihadistas, causaram 34 mortos e um número indeterminado de feridos.

Segundo fontes locais, citadas pela France-Presse, os ataques foram registados no noroeste do Burkina Faso, na noite de domingo e na madrugada de segunda-feira. "A população civil da comuna rural de Burasso foi alvo de um ataque covarde e bárbaro perpetrado por homens armados", acrescentou um comunicado do governador da região, Babo Pierre Bassinga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG