Iraque

Ataques no Iarque causam oito mortos incluindo um jornalista

Ataques no Iarque causam oito mortos incluindo um jornalista

Oito pessoas foram mortas, no sábado, das quais três soldados, um jornalista e um polícia em ataques a Bagdad e no centro do Iraque, divulgaram fontes dos serviços de segurança.

Na capital, desconhecidos abriram fogo com armas munidas de silenciadores, matando três soldados junto a um posto de controlo e ferindo dois civis, adiantou fonte do Ministério do Interior.

Segundo a mesma fonte, um polícia foi igualmente abatido em Zayouna, um distrito de Bagdad Oriental, e dois civis ficaram feridos em Batawine, no centro.

Em Taji, a 25 quilómetros a norte de Bagdad, três civis foram mortos por uma bomba ao lado da estrada e em Baqouba, a 60 quilómetros a nordeste da capital, uma bomba explodiu num café matando um jornalista, Hamza Hussein Faisal, e causando sete feridos, incluindo dois polícias, avançou uma fonte dos serviços de segurança da província.

Desde o início do ano, oito jornalistas iraquianos foram mortos, na quinta-feira, Hadi al-Mehdi, um jornalista da rádio crítica do governo, foi assassinado no seu apartamento em Badad, uma morte que suscitou grande emoção.