O Jogo ao Vivo

Mundo

Atirador de Toulouse abatido com uma bala na cabeça

Atirador de Toulouse abatido com uma bala na cabeça

As unidades de elite que desencadearam o assalto ao apartamento do suspeito do assassínio de sete pessoas em Toulouse abateram o jovem com "uma bala na cabeça" em "legítima defesa", esclareceu o procurador de Paris.

O RAID, unidade especial da polícia francesa, tinha instruções para "fazer tudo para deter Merah com vida" e "atirar apenas em legítima defesa", afirmou o procurador François Molins, durante uma conferência de Imprensa.

"Foi precisamente por tudo ter sido feito que a operação durou tanto tempo, colocando em perigo o RAID, dos quais cinco elementos ficaram feridos", acrescentou o magistrado.

PUB

O procurador disse também que o assassino auto-proclamado da al-Qaeda tinha filmado os três ataques que perpetrou a 11, 15 e 19 de março, durante os quais matou sete pessoas.

A polícia encontrou num saco a câmara utilizada pelo presumível assassino em série e visionou as imagens, adiantou.

Um assalto policial pôs esta quinta-feira fim ao cerco de 32 horas da polícia à casa de Mohamed Merah, 23 anos, presumível autor dos assassínios de Toulouse e Montauban (sudoeste de França).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG