Protestos

Austrália envia polícia, tropas e diplomatas para ajudar Governo das Ilhas Salomão

Austrália envia polícia, tropas e diplomatas para ajudar Governo das Ilhas Salomão

A Austrália enviou polícia, tropas e diplomatas para as Ilhas Salomão de forma a ajudar as autoridades a conterem manifestações antigovernamentais que desafiam o recolher obrigatório, registando-se violentos protestos pelo segundo dia consecutivo.

O primeiro-ministro, Scott Morrison, disse hoje que o destacamento inclui um destacamento de 23 agentes da polícia federal, existindo a possibilidade de serem enviados mais 50, para proporcionar segurança em locais de infraestruturas críticas, bem como 43 elementos das forças de defesa, um barco patrulha e pelo menos cinco diplomatas.

Morrison afirmou que a ajuda surge a pedido do seu homólogo das Ilhas Salomão, o primeiro-ministro, Manasseh Sogavare.

Sogavare declarou na quarta-feira o recolher obrigatório após cerca de 1.000 pessoas se terem manifestado a exigirem a sua demissão.

Os manifestantes invadiram o edifício do Parlamento Nacional e queimaram o telhado de colmo de um edifício próximo, disse o Governo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG