Mundo

Australiana perdeu familiares nos dois voos da Malaysia Airlines

Australiana perdeu familiares nos dois voos da Malaysia Airlines

A irmã de homem que viajava a bordo do avião da Malásaia Airlines que desapreceu no Oceano Índico, em março, descobriu agora que a enteada é uma das vítimas mortais do voo MH17, abatido quinta-feira, numa zona frotneiriça da Ucrânia.

"Isto despedaça-nos por dentro outra vez", disse Kaylene Mann, irmã de Rod Burrows, que seguia a bordo do voo MH370, que despareceu no Oceano Índico a 8 de março, acompanhado da mulher, Mary.

Maree Rizk, enteada de Kaylene Mann, seguia a bordo do voo MH17 que se despenhou na Ucrânia, alegadamente abatido por um míssel terr-ar numa zona de fronteira com a Rússia onde há combates entre forças ucranianas e separatistas.

"Traz tudo de volta à memória outra vez", disse Greg Burrows, irmão de Rod, desparecido em março.

Entre os 283 passageirosa bordo do MH17, havia pelo menos três crianças e várias famílias. Entre as vítimas figuram um porta-voz da Organização Mundial de Saúde, e dezenas de pessoas que seguiam para Melbourne para participar numa reunião internacional sobre a Sida.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG