Covid-19

Áustria ameaça com restrições e admite Natal "desconfortável" para os não vacinados

Áustria ameaça com restrições e admite Natal "desconfortável" para os não vacinados

O chanceler austríaco, Alexander Schallenberg, intensificou, esta quinta-feira, o tom das ameaças de medidas restritivas para todos os que estão ainda por vacinar contra a covid-19, numa altura em que aumentam os novos casos da doença na Áustria.

Nas últimas semanas, a Áustria tomou uma série de medidas num esforço para conter a disseminação do novo coronavírus e encorajar mais pessoas a serem vacinadas. Na segunda-feira, entraram em vigor novas regras, que incluem, entre outras, a proibição de pessoas não vacinadas ou que não tenham recuperado de uma infeção pelo SARS-CoV-2 em restaurantes, hotéis, salões de cabeleireiro e grandes eventos públicos.

No final de outubro, Schallenberg avisou que as pessoas não vacinadas na Áustria poderiam enfrentar novas restrições se o número de infeções continuasse a aumentar, o que veio a verificar-se.

Números oficiais divulgados quarta-feira mostraram 710,8 novos casos registados por cada 100 mil habitantes nos sete dias anteriores, uma taxa muito superior à da vizinha Alemanha, onde os sucessivos recordes diários de novos casos estão a causar alarme.

Esta quinta-feira, numa visita a Bregenz, na zona oeste do território austríaco, segundo indicou a agência noticiosa Áustria, Schallenberg admitiu ser "provavelmente inevitável" a aplicação de novas restrições aos não vacinados, realçando que estes vão enfrentar um inverno e um Natal "desconfortáveis". "Não vejo a razão para que dois terços das pessoas possam perder a sua liberdade porque um terço está hesitante. Para mim, está claro que não deve haver restrições para os vacinados", frisou Schallenberg.

O chanceler austríaco sublinhou que as autoridades estão a considerar a ideia de impor as duas doses do medicamento para alguns grupos profissionais, acrescentando que a taxa de vacinação do país é "vergonhosamente baixa", em que cerca de 65% da população está totalmente inoculada.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG