O Jogo ao Vivo

Rússia

Autoridades russas excluem hipótese de ataque militar

Autoridades russas excluem hipótese de ataque militar

A Agência Espacial da Rússia (Roscosmos) esclareceu que na região dos Montes Urais caiu um meteorito, que já provocou quase 500 feridos, e não "um objeto criado pelo homem".

"Segundo avaliação prévia, trata-se de um objeto espacial não criado pela tecnologia termogénica e classificado como meteorito que voou a cerca de 30 quilómetros por segundo a baixa altitude", lê-se num comunicado publicado pela Roscosmos.

"Semelhantes objetos entram acidentalmente na atmosfera e é um fenómeno muito pouco previsível", sublinha a Roscosmos.

O Ministério da Defesa da Rússia também já confirmou esta informação.

O líder populista russo Vladimir Jirinovski tinha acusado os Estados Unidos de "terem experimentado um novo tipo de arma no território da Rússia".

A queda do meteorito, que se fragmentou ao entrar na atmosfera e atingiu seis cidades dos Montes Urais, segundo os últimos dados do Ministério para Situações de Emergência da Rússia, provocou 474 feridos, 14 dos quais tiveram de ser internados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG