O Jogo ao Vivo

Covid-19

Avaria nos ventiladores em hospital na Roménia causa três mortes

Avaria nos ventiladores em hospital na Roménia causa três mortes

Pelo menos três pacientes infetados com covid-19 morreram esta segunda-feira no hospital Victor Babes, em Bucareste, na sequência de uma falha no sistema de oxigénio na unidade móvel de cuidados intensivos em que se encontravam, indicou fonte oficial.

Num comunicado, o Departamento de Emergências do Ministério da Saúde da Roménia, a morte foi atribuída a uma "paragem cardiorrespiratória".

Os restantes cinco pacientes internados no mesmo local foram transferidos para outra unidade hospitalar.

"O pessoal médico da Unidade de Terapia Intensiva Móvel deu conta de uma avaria simultânea em todos os ventiladores do local", lê-se no comunicado das autoridades sanitárias romenas, que anunciou a abertura de um inquérito.

"O representante da empresa distribuidora dos ventiladores que foi chamado [para reparar a avaria] recusou-se a entrar na unidade", apesar de lhe ter sido disponibilizado equipamento de proteção contra o novo coronavírus, sublinhou o Departamento de Emergências romeno, que acrescentou que o técnico abandonou o local sem entrar na unidade de tratamento.

A 25 de janeiro passado, cinco pessoas morreram num incêndio registado no hospital Matei Bals, também em Bucareste. Em novembro de 2020, 10 doentes internados com covid-19 morreram noutro incêndio num hospital na província de Neamt, no nordeste do país.

Desde o início da pandemia, a Roménia acumulou 1,01 milhões de casos de covid-19, doença a que estão associadas mais de 25 mil mortes no país.

PUB

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.937.355 mortos no mundo, resultantes de mais de 135,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG