Natureza

Ave selvagem mais antiga do mundo tem cria aos 70 anos 

Ave selvagem mais antiga do mundo tem cria aos 70 anos 

A ave selvagem mais antiga conhecida no mundo, um albatroz-de-laysan, de nome Wisdom, não só completou 70 anos como também deu à luz mais um filhote, no Atol de Midway, no norte do Oceano Pacífico.

Wisdom é a ave selvagem viva com mais idade de que há conhecimento e foi identificada, pela primeira vez, por investigadores em 1956. É provável que tenha mais de 70 anos, dado que, quando foi encontrada, estimava-se que tinha cinco anos.

O atual companheiro de Wisdom, Akeakamai, tem ajudado a criar os filhotes, desde pelo menos 2010, segundo o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos (USFWS, na sigla inglesa). Em regra, os albatrozes são espécies parceiras para toda a vida, mas investigadores acreditam que Wisdom teve outros companheiros no passado devido à sua longevidade.

O USFWS acredita que esta ave selvagem teve pelo menos 30 a 36 crias na vida toda, sendo que os albatrozes, normalmente, só chocam um ovo a cada poucos anos.

"A Wisdom expande os horizontes da nossa imaginação para o que é possível no mundo natural, e há muito mais para descobrir", revelou o investigador de aves Charles Eldermire à "National Geographic".

De acordo com a revista especializada, o nome Wisdom (Sabedoria, em português) advém do facto de ave ter passado anos a escapar a perigos potencialmente fatais, como tsunamis, fenómenos de alterações climáticas e poluição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG