Balanço

Avião partiu-se em dois ao aterrar na Índia e causou 17 mortos

Avião partiu-se em dois ao aterrar na Índia e causou 17 mortos

Um avião da Air India Express, que fazia a ligação entre o Dubai e o Aeroporto Internacional de Calicute, em Kerala, na Índia, partiu-se em dois pedaços na aterragem. Há pelo menos 17 mortos e 123 feridos, 20 deles graves.

O avião terá deslizado ao pousar na pista. Vários meios de emergência foram de imediato mobilizados para as operações de resgate. O acidente ocorreu por volta das 19 horas locais (14 horas em Portugal continental). A bordo viajavam 190 pessoas: 184 passageiros (174 adultos e dez crianças) e seis membros da tripulação.

De acordo com o jornal "The Times of India" há 17 vítimas mortais, incluindo os dois pilotos, e 123 feridos.

Abdul Karim, porta-voz policial, citado pela agência noticiosa Associated Press (AP), confirmou que pelo menos 20 passageiros estão feridos com gravidade.

O país tem sido atingido por fortes inundações e chuvas, o que poderá ter estado na causa do acidente. Uma cadeia de televisão local apontou um problema no trem de aterragem. Nada, porém, foi confirmado oficialmente.

"O voo AI1344, da Air India Express, procedente do Dubai, resvalou hoje na pista do aeroporto de Kozkikode. A aeronave apresenta danos", indicou o diretor-geral da Força Nacional de Resposta a Desastres, S. N. Pradhan, na rede social Twitter.

Também o ministro do Interior indiano, Amit Shah, igualmente através do Twitter, disse ter ficado "perturbado" ao saber do "trágico acidente".

Segundo relatos da imprensa local, apesar de se ter partido em dois, o avião não se incendiou, tendo os passageiros sido retirados do aparelho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG