Mundo

Banco Mundial cria fundo para prevenir e responder a pandemias

Banco Mundial cria fundo para prevenir e responder a pandemias

O Conselho de Administração do Banco Mundial (BM) aprovou na quinta-feira a criação de um fundo para financiar investimentos para fortalecer as capacidades de prevenção, preparação e resposta à pandemia (PPR), anunciou a instituição.

O foco deve ser em países de baixo e médio rendimento e o objetivo é lançar este fundo no outono, disse o BM em comunicado.

"O devastador custo humano, económico e social da covid-19 destacou a necessidade urgente de uma ação coordenada para fortalecer os sistemas de saúde e mobilizar recursos adicionais", defendeu o BM.

O Banco Mundial acrescenta que este fundo foi desenvolvido sob o impulso dos Estados Unidos, Itália e Indonésia como parte das suas presidências do G20 e com amplo apoio do G20.

"Mais de mil milhões de dólares (cerca de 955 milhões de euros) em compromissos financeiros foram já anunciados" para este fundo, incluindo contribuições dos Estados Unidos, União Europeia, além da Indonésia, Alemanha, Reino Unido, Singapura, Fundação Gates e Wellcome Trust.

"O Banco Mundial é o maior financiador de prevenção, preparação e resposta (à pandemia) com operações ativas em mais de 100 países em desenvolvimento para fortalecer os seus sistemas de saúde", recordou o presidente do Banco Mundial, citado no comunicado de imprensa.

O Fundo, denominado Fundo Intermediário Financeiro (FIF) garantirá "financiamento de longo prazo adicional para complementar o trabalho das instituições existentes na ajuda a países e regiões de baixo e médio rendimento a se prepararem para a próxima pandemia", acrescentou David Malpass.

PUB

A OMS é parte interessada no projeto ao qual dará a sua experiência técnica, disse o diretor-geral desta agência da ONU, Tedros Adhanom Ghebreyesus, citado no comunicado de imprensa do Banco Mundial.

O ​​​​​​​FIF será usado em muitas áreas, incluindo vigilância de doenças.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG