O Jogo ao Vivo

EUA

Base militar em Washington reaberta após detenção de intruso armado

Base militar em Washington reaberta após detenção de intruso armado

A base militar norte-americana de Anacostia-Bolling, em Washington, anunciou a reabertura duas horas depois de ter sido detetado, esta sexta-feira, um homem armado no interior das instalações, que acabou por ser detido sem provocar vítimas.

Cerca das 15 horas locais (20 em Portugal), as autoridades indicaram que a ameaça apresentada pelo homem havia sido "superada".

"O homem foi detido e vai ser colocado à disposição do Departamento da Polícia Metropolitana" da capital dos Estados Unidos da América (EUA), diz a nota, acrescentando que ainda está a decorrer uma investigação sobre o sucedido.

Duas horas antes, as autoridades da base militar informaram que blindaram as entradas, por causa do alegado intruso, que foi visto na parte sul do complexo, junto de alguns barracões.

O primeiro aviso adiantava que uma pessoa tinha sido vista no lado sul da base e que qualquer pessoa que a encontrasse devia fugir e esconder-se.

A nota na rede social Facebook descreveu o intruso como "um homem negro, de estatura mediana transportando uma mala Gucci".

PUB

"Se encontrar o indivíduo e tiver uma rota segura, CORRA. Se não tiver uma rota segura para correr, ESCONDA-SE. Proteja a sua porta, apague as luzes, desligue o toque do seu telemóvel e permaneça em silêncio. Se está escondido, prepare-se para LUTAR", lia-se no aviso.

A base, de 366 hectares, situada a sudeste de Washington, abriga unidades da Força Aérea, do Corpo de Fuzileiros Navais e da Guarda Costeira, bem como o escritório de campo do Serviço de Investigação Criminal da Marinha e a sede da Agência de Inteligência de Defesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG