Mundo

Bebé encontrada com vida num esgoto ao lado do corpo da mãe

Bebé encontrada com vida num esgoto ao lado do corpo da mãe

Uma bebé de um ano e oito meses foi encontrada num esgoto, junto ao corpo da mãe, em Córdoba, Argentina. O choro da criança permitiu que as autoridades a descobrissem. Martina foi encontrada em hipotermia, no meio de água suja, ao lado da corpo da mãe.

A bebé Martina e a mãe, Paola Acosta, estavam desaparecidas desde quarta-feira. Foram encontradas domingo, graças ao choro desesperado da criança.

Martina está internada no hospital pediátrico de Córdoba, com um quadro clínico estável. "Está consciente e com fome. Devemos esperar para ver como evolui o quadro. Até ao momento, está estável", explicou a médica Fernanda Marchetti.

A menina chegou ao hospital "com um quadro violento de hipotermia, além de fraturas e uma infeção decorrente do contacto com água contaminada".

As autoridades acreditam que Martina e a mãe foram levadas para esgoto muito tempo após a morte de Paola. "A criança não teria resistido tanto tempo naquele local e já alguém já teria ouvido o choro", disseram os agentes, citados pela imprensa local.

Ainda de acordo com a polícia argentina, Paola saiu de casa com a bebé para ir ter com o ex-namorado, Gonzalo Lizarralde, para receber a pensão de alimentos.

No dia seguinte, os outros dos filhos de Paola, de 14 e 16 anos, deram conta à polícia do desaparecimento da mãe e da irmã.

Gonzalo Lizarralde foi detido, apesar de alegar estar inocente. "Entregou o dinheiro e foi embora", garantiu o advogado, Maccri Gaido.