EUA

Bebé morreu por ingerir droga no leite materno. Mãe acusada de homicídio

Bebé morreu por ingerir droga no leite materno. Mãe acusada de homicídio

Samantha Jones, de 30 anos, foi acusada de homicídio depois de o filho de 11 semanas ter morrido por ter consumido drogas presentes no leite materno.

O advogado da acusada disse que a morte do bebé não foi intencional. De acordo com o "CBS News", a mulher terá dito à polícia que havia sido prescrita metadona, por causa do vício de analgésicos, medicamento que tomou durante a gravidez e pós-parto.

A autópsia mostra que o bebé morreu por ter consumido uma combinação de metadona, anfetaminas e metanfetaminas, que teram sido supostamente transmitida através do leite materno.

As acusações referem que Samantha Jones amamentou o bebé inicialmente, mas mudou para leite em pó três dias antes da morte do filho, alegando que o bebé não estava a receber leite suficiente durante a amamentação.

No dia da morte, a mãe contou que o bebé estava a chorar às três da manhã, por isso Samantha Jones tentou amamentá-lo, uma vez que estava "demasiado cansada" para preparar o leite. Três horas depois, o bebé ficou com fome mais uma vez e a mulher deu-lhe leite em pó antes de o voltar a adormecer.

Uma hora depois, Samantha Jones encontrou o filho pálido e com um muco ensanguentado no nariz. A mãe realizou reanimação cardiorrespiratória no bebé, levando-o de seguida para o hospital, mas a criança acabou por morrer.

A fiança de Samantha Jones foi fixada nos três milhões de euros. Uma audiência preliminar está marcada para 23 de julho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG